Olhos Azuis

por Luis Galvão

Um premiado filme na carreira de José Joffily e um dos mais belos e inusitados roteiros de 2010. Mesmo com os erros na construção de cenários clichês, a trama aborda, com inteligência e três atuações sensacionais (entre eles, Irandhir Santos, ainda pouco conhecido), a redenção de um americano no interior de Recife. A montagem narrando o passado do agente da imigração em seu último dia de trabalho e o presente, na já comentada trama em solo brasileiro, é feita em uma montagem linda mesmo sendo usual. O desfecho é imprevisto, porém filmado de forma inspirada. 8,6