Stand Up Guys

por Luis Galvão

Vendido como comédia, o segundo filme do diretor carrega de melhor a atuação de Al Pacino, Christopher Walken e uma ponta de Alan Arkin. No mais, a trama do ‘abandono’ na velhice é tratado de forma bem singela, com boas passagens de três assaltantes que voltam a ativa apenas para sentir a mesma sensação novamente.

Um desperdício um filme com essas três estrelas durar tão pouco e as ironias reflexivas (Margulies aparece como enfermeira e Pacino, em certo momento, dança até tango) passarem de forma breve. Vale a diversão, nem que seja nessa forma capsular.

Amigos Inseparáveis (dir.  Fisher Stevens) ★★★