Melhores Filmes de 2011

por Luis Galvão

TeeboxMazzucato-013

Sem tempo para as grandes premiações corriqueiras dos blogs (muitos que eu recomendo que vocês, leitores, acompanhem), listo os dez filmes que mais me surpreenderam no ano. Foram pouco mais de 170 filmes vistos – número muito inferior ao ano passado, devido à dificuldade de alinhar muitas coisas que estavam acontecendo na vida. Ao passo que você fica mais velho (tenho récem-completos 21 anos), os filmes passam a ser mais importantes na sua vida. É um cano de escape para os divesos problemas que aparecem e que insistem em habitar a mente por muito tempo.

01. Pina de Wim Wenders

Fazer um filme com a dança de fundo é fácil. Fazer um filme sobre dança, eu pensava ser impossível, até Wim Wenders realizar essa obra prima visual.

 

02. Cisne Negro de Darren Aronofsky

O mais falado. O mais comentado. Mesmo que o impacto, hoje, não seja o mesmo, a última cena, com Natalie Portman caindo, é a coisa mais bonita do ano.

 

03. Melancolia de Lars Von Trie

Junto com a cena de Black Swan, o impacto de Melancolia com a Terra é pura poesia visual.

 

04. Gainsbourg – O Homem que Amava as Mulheres de Joann Sfar

Delírios de um boêmio francês

05. Febre do Rato de Cláudio Assis

06. Um Lugar Qualquer de Sofia Coppola

O vazio de Coppola que preenche.

07. Super 8 de J. J. Abrams

 

08. Inquietos de Gus Van Sant

Mia Wasikowska e Henry Hopper formaram o casal do ano.

 

09. Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 de David Yates

10. Crítico de Kleber Mendonça Filho

Aqueles para serem lembrados: Cópia Fiel, A Árvore da Vida, Tio Boonme, Que Pode Recordar de Vidas Passadas, O Mágico, Drive, Riscado, Meu País, O Palhaço, Trabalhar Cansa, Um Sonho de Amor, Namorados Para Sempre, Bravura Indômita.