o primeiro que disse

por Luis Galvão

imageFilme italiano com cara de novela brasileira e roteiro hollywoodiano sobre homossexualidade. Tenta resgatar um humor típico da Itália (e até consegue em determinados momentos) mas não cria uma linha de continuidade a partir da exposição do tema. A história é de dois irmãos que decidem assumir em um mesmo jantar que são gays, um, porém, diz primeiro. Daí se instaura gags cômicas dignas de um pastelão mal dirigido. Quem dá um louvor a Mine Vaganti é a idosa Ilaria Occhini interpretando a avó da família conservadora e o final do longa que é realmente digno de reflexão. Pena o caminho para chegar até ele ser tão falho ou, pelo menos, mal preenchido. [2/5]