santuário

por Luis Galvão

image Carregando para o cinema a tecnologia de Cameron, Sanctum 3D peca na narrativa circular e na esperança que apenas as ótimas tomadas no fundo do oceano possam entreter por setenta e nove minutos. Ledo engano, já que nem as belas imagens (algo bastante semelhante ao utilizado recentemente pela Disney em Oceanos) salvam o longa do cansaço, da verborragia silenciosa (as tomadas parecem se repetir várias vezes) e do trágico final. A sonoplastia discreta talvez seja o melhor e único elogio. [1/5] MUBI