minhas mães e meu pai | 2010

por Luis Galvão

imageimageCom um roteiro ágil e contemporâneo, o longa de Lisa Cholodenko vai falar sobre relacionamentos cada vez mais corriqueiros. Aquilo que poderia ser o ponto de quebra da harmonia familiar do casal gays e seus filhos (a chegada do pai biológico), traz consequências e levanta mais questões do que a primeira vista apresenta. O que é ótimo, porque o texto surpreende nesse aspecto. Com atuações que sustentam uma câmera muitas vezes desleixada (Moore/Bening/Ruffalo em sintonia), o filme faz referências legais – a de Joni Mitchell em certo momento é ótima – mas perde um pouco o ritmo e o humor de vez enquanto. Do lado artístico, Minhas Mães e Meu Pai tem falhas, mas por sorte tem um texto bastante verossímil para sustentar e no final mostrar que não são apenas os jovens devem amadurecer uma hora ou outra. [3/5] IMDB