Karate Kid (2010)

por Luis Galvão

image três estrelas Não nasci em 1984, mas me lembro como hoje muitas das cenas que fizeram do original ‘Karate Kid’ um sucesso. Lembro do Daniel-San, do Miyagi e do chute da Garça e refilmar essa pérola da sessão da tarde foi – pelo que se nota – uma árdua tarefa. Algumas adaptações forçadas pela globalização fizeram da relação ‘discípulo-mestre’ algo não tão agradável e oitentista quanto esperado, em compensação, o carisma e esforço dos envolvidos (desde o Jackie ao Jaden) transformaram o remake em uma regular homenagem ao original. No entanto, as cenas que deveriam (em tese) ficar na mente durante alguns anos, infelizmente, não existem, e a trilha sonora – mesmo sendo atual – será esquecida rapidamente, assim como todo o resto. O que ficará no final são os evidentes cinquenta e seis anos do Chan e a vitalidade do Smith.

The Karate Kid, dirigido por Harald Zwart.

Anúncios