Zona Verde (2009)

por Luis Galvão

imagetrês estrelasQuando o governo dos Estados Unidos decidiu invadir o Iraque em 2004, alegou que o País estava escondendo armas de alta destruição. Encontrá-las, ou forjar os resultados das buscas, era a obrigação de um grupo especial. Entre eles o sub-tenente Roy Miller (Matt Damon), que começa a desconfiar da fonte que fornece os locais de busca, uma vez que sua equipe nunca encontrava nenhum vestígio de armamento nas áreas indicadas. A linha frenética utilizada por Greengrass está presente e não deixa a trama ficar monótona em nenhum momento. Os caminhos percorridos pelo sub-tenente que se revolta contra sua própria organização é não é tão bem roterizada (algo tão grande soa inverossímil), mas é recortadas por boas cenas de ação, a última uma tanto quanto exagerada. Aqueles que ficaram na dúvida se a dupla Grass e Matt iriam fazer desse filme uma cópia da trilogia Bourne, pode ficar tranquilo, o filme segue um padrão diferente, porém tão bom quanto os das antigas parcerias. Não levanta questões éticas e morais dos personagens na medida apropriada, mas supri essa necessidade com uma história que envolve e coloca na mira o governo americano e sua invasão desmetida ao povo iraquiano.

Green Zone. Dirigido por Paul Greengrass e roteiro de Brian Helgeland