Encontro Explosivo (2010)

por Luis Galvão

Cruise e Diaz até formaram uma boa dupla em ‘Encontro Explosivo’, parecem se divertir (mais que a platéia) e tem um entrosamento que deu certo. Porém é impossível assistir esse filme e não notar a força que Tom está realizando para voltar aos filmes de ação que tanto lhe deram sucesso e Cameron de dosar um pouco de comédia na sequência de papéis dramáticos que vem fazendo ultimamente (A Caixa e Uma Prova de Amor). O problema é que escolheram um péssimo filme para isso. Cenas no limite do surrealismo, piadas prontas e risadas de vergonha-alheia. Começa até um pouco divertido, mas não passa dos vinte minutos e depois cansa. Mangold já fez bons filmes dramáticos e alguns eu gosto bastante – como Johnny & June – mas errou feio dirigindo essa aventura vazia. Só justifico uma estrela a mais por causa da trilha sempre empolgante de John Powell.

(Knight and Day, EUA, 2010) Diretor: James Mangold; Roteirista: Patrick O’Neill; Elenco: Tom Cruise, Cameron Diaz, Peter Sarsgaard, Jordi Mollà, Viola Davis