A Jovem Rainha Vitória (2009)

por Luis Galvão

Não apenas a importância histórica e política da Rainha Vitória são retratadas, como também o intenso amor compartilhado com Albert. Talvez esse equilíbrio perfeito no roteiro de Fellowes nos dê uma ótima impressão ao final do filme. Um amor aos moldes de Jane Austen e uma biografia digna de um monarca. O cuidado técnico nos figurinos e em toda direção de arte nos faz viajar para o século XIX e os grandiosos cenários utilizados embelezam ainda mais a trama. Jean-Marc Vallée soube coordenar todos esses elementos acrescidos de uma interpretação maravilhosa de Blunt e um elenco coadjuvante convincente. A Jovem Vitória viria a se tornar a “Avó da Europa“, e eu não me importaria de acompanhar todo resto de sua  história.

 (The Young Victoria, Inglaterra, EUA, 2009) Diretor: Jean-Marc Vallée; Roteirista: Julian Fellowes; Elenco: Emily Blunt, Rupert Friend, Paul Bettany, Miranda Richardson, Jim Broadbent