O Preço da Traição (2010)

por Luis Galvão

Existe um problema básico em qualquer refilmagem: comparações. É impossível assistir as versões de ‘Nasce Uma Estrela’ sem compará-las, ou qualquer filme de terror produzido por Michael Bay sem relacionar rapidamente com os originais da década de oitenta. O que dizer delas? Algumas mantêm a antiga essência, enquanto outras são decepções que não deveriam ter sido feitas. ‘O Preço da Traição’ fica no meio.

Refilmagem do bom ‘Nathalie X’, dirigido por Anne Fontaine e estrelado por Fanny Ardant, Gérard Depardieu e Emmanuell Béart, ‘Chole’ (título inglês) vai recontar a velha trajetória da bem sucedida ginecologista, Catherine (Julianne Moore), que desconfia que seu marido David (Liam Neeson) está lhe traindo, contrata uma bela e jovem prostituta Chloe (Amanda Seyfried) para fazer uma ‘certificação’ de suas suspeitas.

Trama sem novidade no cinema, mas que é tratada com sutileza pelas mãos do diretor egípcio Atom Egoyan e pela roteirista Erin Cressida Wilson. Todos os personagens têm nuances muito bem trabalhadas e o embate entre as duas mulheres é apenas reforçados pela beleza e talento de Moore e Seyfried. Muito mais que a questão da traição, o que é colocado sob os holofotes são questões morais de Catherine, que aparentemente tem tudo que sempre quis, mas sente que está amadurecendo e com isso se sente perdida em seus próprios questionamentos.

Porém, a tensão psicológica e sexual que deveria sempre está presente, acaba dando lugar aos conflitos internos de uma única personagem, o que não ocorre – por exemplo – em ‘Nathalie X’. É fato que a visão dada por Atom foi satisfatória, mas quando se relembra o trabalho estético que Fontaine conseguiu imprimir no filme francês, refletimos se havia a necessidade dessa refilmagem canadense. Os personagens estão lá, o roteiro cumpre seu papel, mas a essência explosiva indispensável parece ter sido esquecida.

O Preço da Traição (Chloe, EUA, Canadá, França, 2009); Diretor: Atom Egoyan; Roteirista: Erin Cressida Wilson; Elenco: Julianne Moore, Liam Neeson, Amanda Seyfried; 96 min.
Anúncios