Homem de Ferro 2 (2010)

por Luis Galvão

 

Nunca fui um dos grandes admiradores do Iron Man e muito menos de Robert Downey Jr., mas não posso negar que essa dupla deu muito certo. O playboy inteligente que criou uma tecnologia avançada e decidiu salvar o mundo foi bem retratada no primeiro filme e a continuação já era esperada. Eis que surge mais uma adaptação que preza pelo divertimento em vez de explorar os personagens ou situações de perigo, dando – sempre que possível – um tom cômico que incomoda.

O egocêntrico Tony Stark (Robert Downey Jr.) acaba de confessar sua identidade secreta de super- herói ao mundo e com isso todas as consequências são inevitáveis. Primeiro que o governo americano quer se apropriar da tecnologia da armadura para criar um exército, logo em seguida surge um concorrente que diz ser tão bom quanto o Tony, Justin Hammer (Sam Rockwell). Como se não bastasse, o filho de um antigo funcionário das empresas Stark’s, Ivan Vanko (Mickey Rourke), quer vingança pela morte de seu pai.

É claro que o sucesso do primeiro longa abriria portas para o diretor Jon Favreau fazer cenas de ação mais bem feitas e contratar um elenco melhor (com Scarlett Johansson sendo uma sedutora mulher com mistérios, Gwyneth Paltrow já acostumada ao seu papel coadjuvante e Samuel L. Jackson sendo um ‘recrutador’ d’Os Vingadores), mas também fica claro a necessidade de colocar mais explosões que o necessário. São tantas as cenas de ação que muitas vezes aborrece com barulho ensurdecedor – algo no estilo Michael Bay ou Roland Emmerich – só que tudo com a trilha de AC/DC por trás.

Não sei se é o personagem em si ou as situações que ainda me deixam com certa repulsa ao filme, Downey Jr. não consegue tornar um papel tão arrogante, narcisista e individualista em alguém para se torcer por um final feliz. A adaptação ainda consegue lançar ganchos para a grande série que a Marvel tenta produzir dos Vingadores e faz quase um crossover entre seus longas-metragens (uma coisa bem legal). O grande problema, no entanto, são as piadas, muitas vezes sem graça, que perece terem sido forçadas a cada sequência de explosão. Pelo menos Jon não se rendeu ao 3D desnecessário.

Homem de Ferro 2 (Iron Man 2, EUA, 2010); Diretor: Jon Favreau; Roteiristas: Justin Theroux, Stan Lee, Don Heck, Larry Lieber, Jack Kirby; Elenco: Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Kate Mara, Mickey Rourke, Samuel L. Jackson, Gwyneth Paltrow, Paul Bettany, Sam Rockwell, Jon Favreau; 117 min.