O Segredo dos Seus Olhos (2009)

por Luis Galvão

Juan José Campanella é um diretor promissor. Ele já fez duas boas obras (‘O Filho Da Noiva’ e ‘Clube da Lua’) e poderia ter parado por aí, porém é em ‘O Segredo dos Seus Olhos’ que ele atinge o seu melhor e já coloca esse filme entre um dos mais assistidos da Argentina dos últimos tempos. Todo esse sucesso é merecido. O representante dos hermanos no Oscar transita entre cenas muito bem feitas e outras nem tanto, perdendo o fôlego em poucos momentos, mas não deixando de ser uma bela lembrança.

Um aposentado funcionário público, Benjamín Expósito (Ricardo Darín), decide escreve um romance sobre o assassinato de uma jovem que aconteceu a vinte cinco anos e que ele mesmo esteve envolvido com o caso. Remexendo no passado, muitas coisas voltam à tona e sentimentos mal resolvidos começam a achar soluções. Acompanhado sempre de seu amigo (Guillermo Francella), Benjamim ainda tem que resolver uma relação conturbada que teve com uma juíza (Soledad Villamil), sua chefa.

Profundo e sensível. O roteiro viaja no tempo várias vezes, mas não compromete o encaminhamento do filme, ao contrário, as transições são um dos artifícios mais bem utilizados do longa e dão agilidade a uma história que, aparentemente, não revela nada muito intrigante. Campanella ainda conta com a ajuda dos atores. O trio Ricardo, Guillermo e Soledad dão um show, tanto quando mostrado no passado quanto no presente, suas personagens são fortes e nos revelam a trama verdadeira aos poucos.

Percorrendo todos os gêneros, sem perder seu foco, ‘O Segredo dos Seus Olhos’ ainda tem um final eletrizante e muito bem feito. Um clima meio ‘noir’ forçado, com pitadas argentinas, Campanella soube enquadrar e usar a ótima trilha que tem em mãos, mas em certas partes repete abusivamente alguns artifícios, comprometendo um pouco a obra. Não tem como não gostar, porém, de um filme que faz uma cena maravilhosa de futebol terminando em uma perseguição digna dos melhores filmes de ação.

O Segredo dos Seus Olhos (El Secreto de sus Ojos, Argentina, Espanha, 2009) Diretor: Juan José Campanella; Roteiristas: Juan José Campanella, Eduardo Sacheri, Eduardo Sacheri; Elenco: Ricardo Darín, Soledad Villamil, Pablo Rago, Javier Godino, Guillermo Francella, José Luis Gioia, Carla Quevedo, Bárbara Palladino, Rudy Romano; 127 min.