Dois Mil e Nove

por Luis Galvão

2009 foi um ano de novidades. Eu frenquentei por muito tempo vários blogs, era um típico ‘comentador’, nada mais que isso. Foi-se que um dia, estalou-me a idéia de criar um espaço só meu para debater sobre uma das coisas que mais gosto: Filmes! Mas esse também foi o ano do meu segundo vestibular e esse sonho virar blogueiro foi sendo adiado dias após dia.

Até que tomei vergonha na cara, dei minha cara a tapa e criei o Galvanismo. Há três meses minhas rotinas mudaram drasticamente, se antes eu passava nos blogs e comentava, hoje sinto-me no prazer de receber comentários daqueles que eu tanto admirava no início. É dificil, sim. Exige tempo, concentração e vontade, com certeza. Mas nada é mais gratificante quando um elogio  é dado nos comentários.

Ser blogueiro é, além de tudo, ser amante da sétima arte, do diálogo e da atenção. Se você está lendo esse texto agora, sabe do que eu estou falando, tirar alguns minutos do seu dia para lê coisas escritas por pessoas que você nunca viu na vida, que não sabe se está mentindo ou não, que nem imagina quanto tempo ele gastou para escrever aquilo é um exercicio árduo. Que 2010 venha, trazendo mais relacionamentos, amizades e filmes.

Mas antes de me despedir completamente, deixo aqui uma lista dos filmes que mais gostei nesse ano. É particular, é claro. Você pode não concordar com alguns, mas eu vi nesses longas uma alma que evoluiu e que não saiu da mente por alguns dias. Espero que gostem.

Para todos, um ótimo Ano Novo e que 2010 chegue logo trazendo novidades e felicidades para todos.

Anúncios