Terror na Antártida (2009)

por Luis Galvão

Untitled 1

Para começar, esse não é um filme de terror, antes fosse. Esse título é uma jogada de marketing desesperada para um filme que não tem nada a mostrar. A adaptação do HQ de Greg Rucka e Steve Lieber tem muito erros e nem a beleza de Kate Backinsale consegue deixar o filme atraente.

A história que relata o único assassinato que aconteceu na Antártida, e uma agente federal (Kate) é mandada para lá para investigar o que aconteceu, porém ela tem que resolver o mistério antes que o inverno chegue e não consiga mais voltar para casa. A trama poderia sugerir muito suspense, sustos e muito sangue sobre a neve. Algumas coisas acontecem, é verdade, e nos fazem pular da cadeira, mas em sua maioria o filme não desenvolve e fica meio sonolento numa certa altura.

Se no HQ é assim, eu não sei, mas se têm alguma coisa de boa no filme que o salva do detestável é os cenários. O branco que predomina na tela na maioria das cenas é bem feito e nos dá a impressão que estamos mesmo na tal Antártida perdida, abandonada, e sem viva alma por perto, só a agente e o tal assassino. Porém começam a aparecer vários personagens não sei da onde e se metem na trama caídos de pára-quedas, e ainda mais sem função alguma na história (sic.). São vários diálogos totalmente descartáveis e cenas que deveriam ser cortadas, talvez por isso toda a ação prometida pelo enredo, não é cumprida.

Um filme que passou mais de dois anos na ‘pós-produção’ deveria vir, pelo menos, acompanhado de qualidade ou apenas entretenimento, mas nem isso eles conseguem. Fazendo uma película falha, com pouca ação e que nos leva a um final desprezível e previsível. Enfim,  Backinsale, que está no premiado ‘Everybody`s Fine’, se meteu nessa roubada e ainda fica com vários quilos de roupas por baixo, escondendo seus dotes que tanto fizeram sucesso nos filmes de ‘Anjos da Noite’

5/10
Direção: Dominic Sena
Elenco: Kate Beckinsale, Columbus Short, Gabriel Macht, Tom Skerritt
Duração: 101 min.
Anúncios