The Girlfriend Experience (2009)

por Luis Galvão

confissoes_de_uma_garota_de_programa_2009_g

Com um título em português de ‘Confissões de uma Garota de Programa’ era de se esperar um filme cheio de cenas de sexo e uma análise sobre o  submundo desses serviços. Mas aqui o que domina é o diálogo, a câmera e o dinheiro. Uma crítica sobre os dias que procederam após a crise financeira internacional sob a vista de uma ‘Girlfriend Experience’.

Steven Soderbergh é conhecido por sua diversidade filmes, que vão de ‘Onze homens e um segredo’ até o ótimo ‘Sexo, mentiras e videotape’, e ano passado ao conhecer uma atriz pornô (Sasha Grey) decidiu iniciar um projeto sobre a vida dessa mulher que é paga para escutar e fazer sexo [mas isso é o menos importante].

A história de homens ricos que pagam 2.000$ por hora para jantar com ela, assistir um filme, desabafar um pouco e depois irem a um hotel é contada sob a ótica de Chelsea (Grey), uma dessas ‘profissionais’. Ela mora com seu namorado (Chris Santos), que sabe que o trabalho dela são apenas negócios, em um loft em NY e vive no luxo proporcionado por sua ‘labuta’. Acompanhar os homens que a contratam é que é o grande rumo do filme, se no início as conversas eram sobre filmes, família ou eleição, após o estouro da crise o único foco desses clientes é o dinheiro e as ações falidas, e como sair dessa encurralada, porém ao mesmo tempo em que eles pagam uma fortuna por uma acompanhante, ironia pura e bem feita.

O elenco não desaponta, Sasha é limitada, é claro, mas aqui não prejudica o resto do filme, e até mesmo seu namorado tem cenas bem feitas. O forte diálogo, o roteiro bom, e um diretor experiente fazem desse filme uma ótima pedida. Talvez o maior erro, e até mesmo fatal, é o tom muito documental e meio reality show  optado, que tendo pouco mais que uma hora, passa com dificuldade e arrastado, tendo cenas secas e pálidas para um filme que deveria ser mais ágil.

6/10
Diretor: Steven Soderbergh
Roteiro: David Levien, Brian Koppelman;
Elenco: Sacha Grey, Chris Santos, Peter Zizzo, Timothy J. Cox
Duração: 78 min.